domingo, 23 de Novembro de 2008

Exercício Físico

DPOC
A tendência do paciente com DPOC é, em função dos sintomas e do avançar da idade, levar uma vida mais sedentária e com pouca actividade física. Porém, isso é extremamente prejudicial para o indivíduo, pois ele passa a tolerar menos os sintomas, principalmente a falta de ar, ficando cada vez mais inapto para a realização das actividades do quotidiano.
Um dos pilares da reabilitação pulmonar é a elaboração de um programa de exercícios físicos, principalmente aeróbicos, e sua execução de maneira regular (3 a 5 vezes na semana). Esse programa deve ser individualizado de acordo com as condições físicas do doente e o estado de sua doença.
No entanto, nos locais em que não há um centro especializado em reabilitação não significa que o paciente não possa realizar sua actividade física. Procure o seu médico e peça orientação, e não se espante se ele orientá-lo a praticar caminhadas, pois é uma óptima forma de actividade física e pode ser executada em qualquer lugar (lembre-se de usar medicação broncodilatadora antes do exercício e levá-la consigo).

CE e UEFA promovem exercício físico com campanha televisiva
A Comissão Europeia (CE) e União das Associações Europeias de Futebol (UEFA) dá o pontapé de saída na época futebolística com uma campanha televisiva de promoção da prática de exercício físico. O objectivo é incentivar os cidadãos europeus a praticarem mais exercício físico no seu quotidiano.
Através do slogan «Vá, levanta-te do sofá!», o anúncio incentiva os cidadãos a tornarem-se mais activos e a praticarem regularmente exercício físico. A campanha, que será difundida gratuitamente durante os intervalos dos jogos de futebol da Liga dos Campeões, será vista por milhões de europeus. O anúncio televisivo tem cerca de 30 segundos e deverá atingir entre 80 a 100 milhões de espectadores durante cada disputa semanal da Liga de Campeões.
Esta iniciativa ocorre numa altura em que a má alimentação e falta de exercício físico estão na origem de seis dos sete principais factores de risco de doença na Europa. A falta de exercício físico, associada a uma alimentação desequilibrada, tornou a obesidade num grave problema de saúde pública.
Na maior parte dos Estados membros da UE, mais de metade da população adulta sofre de excesso de peso ou de obesidade. O número de crianças com excesso de peso foi estimado em 22 milhões. Este número aumenta anualmente em 400 000 crianças, refere a CE em comunicado.
Os europeus estão a comer demais e a exercitarem-se pouco, o que explica porque mais de metade dos europeus adultos têm excesso de peso ou são obesos. Com esta campanha televisiva, esperamos ajudar os espectadores e compreender a importância do exercício físico numa vida saudável e encorajá-los a introduzir a actividade física nas suas rotinas diárias.
Desde a década de 80, a prevalência de obesidade triplicou em muitos países europeus. Um em cada três europeus não pratica qualquer actividade física nos seus tempos livres. E, em média, cada europeu passa mais de cinco horas diárias sentado.

Campanha estimulará adolescentes a praticar exercícios físicos
Mais de 25 mil médicos vão receber neste mês material da campanha "Curtir a Vida na Dose Certa" que pretende informar adolescentes sobre os benefícios da prática de actividade física, entre outros cuidados com o corpo. A campanha parte do princípio de que os exercícios físicos são extremamente importantes na adolescência, pois, além de proporcionar uma série de benefícios para a saúde, promove a socialização.
As actividades físicas estimulam o convívio em grupo entre os adolescentes. Ao frequentar uma academia, por exemplo, o jovem acaba fazendo amizades e cria um vínculo mais forte com o exercício. Além disso, com o passar do tempo, a actividade física traz vários benefícios para a saúde, como reforço da capacidade cardio-respiratória e imunológica, previne doenças cardiovasculares, osteoporose e até câncer."
Outro benefício muito importante que a actividade física pode controlar a obesidade, que segundo a Organização Pan-Americana da Saúde cresceu 240% nos últimos 20 anos, entre os adolescentes. A prática de exercícios físicos, juntamente com a adopção de hábitos alimentares mais saudáveis, é sem dúvida o caminho mais seguro para o emagrecimento.
Algumas dicas para exercitar-se melhor: Alongamento
O alongamento deve ser feito antes de iniciar qualquer actividade física e, no final delas. Ele ajuda a prevenir lesões nos músculos e tendões, evita dores musculares e aumenta a flexibilidade do atleta.
Aquecimento
O aquecimento faz com que a temperatura corporal aumente, o que por consequência aumenta a força muscular. Ele também optimiza a coordenação neuromuscular. Para se ter uma ideia, em cada grau corporal aumentado, o metabolismo celular aumenta e isso resulta e numa liberação mais rápida de oxigénio do sangue para os músculos.
As roupas
É fundamental que sejam leves, flexíveis e confortáveis para facilitar o exercício. Use roupas de acordo com a temperatura. Não esqueça de usar meias apropriadas a cada tipo de exercício, para prevenir a formação de bolhas. Uns ténis com amortecedores são muito importantes para que não ocorram lesões nas articulações.
O banho após o exercício físico
Ele deve ser iniciado 10 ou 15 minutos após terminar o exercício físico, não antes disso, para que o processo de sudorese termine. Tome um duche, para o relaxamento dos músculos.
A hidratação
Melhor do que só hidratar o corpo, é também repor os sais minerais perdidos. A água é a bebida que mais agrada na reposição líquida, água de côco e isotónicos também podem servir como óptimos aliados na reidratação. Não importa qual dessas bebidas, o importante é bebê-las durante e após o exercício físico.

Campanha estimulará adolescentes a praticar exercícios físicos
Mais de 25 mil médicos vão receber neste mês material da campanha "Curtir a Vida na Dose Certa" que pretende informar adolescentes sobre os benefícios da prática de actividade física, entre outros cuidados com o corpo. A campanha parte do princípio de que os exercícios físicos são extremamente importantes na adolescência, pois, além de proporcionar uma série de benefícios para a saúde, promove a socialização.
As actividades físicas estimulam o convívio em grupo entre os adolescentes. Ao frequentar uma academia, por exemplo, o jovem acaba fazendo amizades e cria um vínculo mais forte com o exercício. Além disso, com o passar do tempo, a actividade física traz vários benefícios para a saúde, como reforço da capacidade cardio-respiratória e imunológica, previne doenças cardiovasculares, osteoporose e até câncer."
Outro benefício muito importante que a actividade física pode controlar a obesidade, que segundo a Organização Pan-Americana da Saúde cresceu 240% nos últimos 20 anos, entre os adolescentes. A prática de exercícios físicos, juntamente com a adopção de hábitos alimentares mais saudáveis, é sem dúvida o caminho mais seguro para o emagrecimento.

Algumas dicas para exercitar-se melhor:
Alongamento
O alongamento deve ser feito antes de iniciar qualquer actividade física e, no final delas. Ele ajuda a prevenir lesões nos músculos e tendões, evita dores musculares e aumenta a flexibilidade do atleta.
Aquecimento
O aquecimento faz com que a temperatura corporal aumente, o que por consequência aumenta a força muscular. Ele também optimiza a coordenação neuromuscular. Para se ter uma ideia, em cada grau corporal aumentado, o metabolismo celular aumenta e isso resulta e numa liberação mais rápida de oxigénio do sangue para os músculos.
As roupas
É fundamental que sejam leves, flexíveis e confortáveis para facilitar o exercício. Use roupas de acordo com a temperatura. Não esqueça de usar meias apropriadas a cada tipo de exercício, para prevenir a formação de bolhas. Uns ténis com amortecedores são muito importantes para que não ocorram lesões nas articulações.
O banho após o exercício físico
Ele deve ser iniciado 10 ou 15 minutos após terminar o exercício físico, não antes disso, para que o processo de sudorese termine. Tome um duche, para o relaxamento dos músculos.
A hidratação
Melhor do que só hidratar o corpo, é também repor os sais minerais perdidos. A água é a bebida que mais agrada na reposição líquida, água de côco e isotónicos também podem servir como óptimos aliados na reidratação. Não importa qual dessas bebidas, o importante é bebê-las durante e após o exercício físico.
IMPORTANTE: PROCURE O SEU MÉDICO PARA ORIENTÁ-LO QUANTO A REALIZAÇÃO DE EXERCÍCIOS FÍSICOS.

GLOSSÁRIO:
DPOC: Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica.
Broncodilatador: medicação capaz de promover a dilatação brônquica, ou seja, o aumento do seu calibre. São remédios fundamentais no tratamento da DPOC.


CONCLUSÃO:
Com estas informações pretendemos alertar as pessoas que apesar do seu estado físico ou idade devem sempre praticar um pouco de exercício físico, porque sem a prática de exercício físico podemos ter graves problemas de saúde como em cima referimos.
Para isso não acontecer pode seguir alguns conselhos que já referimos anteriormente.


Sem comentários: